terça-feira, 29 de novembro de 2011

Filipenses 4.4-9–parte 3/5 – O Antídoto Contra a Ansiedade


O ANTÍDOTO CONTRA A ANSIEDADE

 

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças.” (RC)

 

“Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.” (RA)

 

“Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido.” (BLH)

 

01. Um dos mandamentos menos observados pelos filhos de Deus é esse de não permitir que a ansiedade sobre coisa alguma encontre alojamento no coração.

02. O que é ansiedade?

a.    O Minidicionário de Silveira Bueno, editora FTD, traz uma boa definição: “Angústia; incerteza aflitiva”.

b.    O Dicionário Bíblico Almeida, em a Bíblia Online, diz: Perturbação de espírito causada por incerteza e por receio”

03. Temos que reconhecer que o assunto em questão é um assunto em que todos nós encontramos dificuldades, especialmente quando situações difíceis nos sobrevém.

04. Esta exortação que encontramos neste texto, o Espírito Santo a colocou através de Paulo que, até pelo fato de haver vivido momentos de extrema dificuldade e mantido a fé, tinha autoridade para gritar alto esta mensagem.

a.    Não estejais ansiosos,

b.    não estejais inquietos,

c.    não desfaleçam na fé,

d.    seja qual for a situação, diz Paulo...

05. Rendam a Deus todas as vossas causas...

06. Ele, Deus, pode tudo!

07. Você não pode, mas Ele pode!

08. Nas Palavras do Salmo 62.11: “O poder pertence a Deus!”

09. Você não pode, mas Deus pode!

10. Fazendo uso das palavras de Tozer:

 

Deus, o Senhor Onipotente, pode fazer qualquer coisa difícil com a mesma facilidade com que realiza as coisas mais simples, porque tem em Suas mãos todo o poder do universo. Todos os seus atos são feitos sem esforço. Ele não desgasta a Sua energia nem precisa recuperar forças, nem buscar fora de Si mesmo uma renovação de poder. Todo poder está plenamente contido dentro do Seu próprio ser infinito.

 

11. Nós não podemos, mas Deus pode!

12. O Deus a quem nós servimos pode e será sábio de nossa parte entregar a Ele todas as nossas causas.

13. Jesus também apregoou esta mesma mensagem:

 

“Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes? Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves? Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? {ao curso da sua vida; ou à estatura} E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?  Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos?  Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas;  buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.  Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.” (Mateus 6:25-34 RA)

 

14. O antídoto para a ansiedade, diz Paulo e diz Jesus, é a fé;

a.    é com fé nos colocarmos diante do Senhor, e declarar-lhe (mesmo que ele já saiba), tudo aquilo que nos perturba, e deixar tudo isso ali aos seus pés.

b.    TUDO, pois, “nada há grande demais para o poder do Senhor, e nem pequeno demais para escapar à atenção de seu amor paternal”.

c.    Devemos fazer isso “com ações de graças”, isto é, nos lembrando, com gratidão em nossos corações, das bênçãos e das vitórias passadas, sabedores que a mesma esperança que nos enchia o peito no passado é boa para o futuro.

15. O antídoto para a ansiedade é deixar tudo nas mãos daquele que é o real dono de Todas as coisas, inclusive dono de mim mesmo, dono de meu filho...,

16. O antídoto é deixar tudo nas mãos de Deus e descansar no fato de saber que aquilo que vier a acontecer estará acontecendo com algo ou alguém que não é meu, mas de Deus, e, portanto, sob permissão e controle de Deus.

17. Não se trata de não fazer nada, mas de fazer o que nos é possível e descansar em Deus pela fé.

18. Pedro também diz: “Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês.” (1 Pedro 5:7 BLH)

19. Aos Romanos Paulo disse: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.  Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” (Romanos 8:28-29 RC). A NVI, ao invés de : “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente...”, diz: “Sabemos que Deus age em todas as coisas...”.

20. Os versos subsequentes, do texto acima, dizem: “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes, o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?” (Romanos 8:31-32 RC)

21. Esforcemo-nos por viver, amados irmãos, com fé e pela fé. Não deixemos que nada venha nos fazer demover de nossa firmeza.

22. Não posso dizer que é fácil, mas é assim que um filho de Deus deve viver. Nos tempos de refrigério ou nos tempos de aflições, a fé em Deus é o elemento essencial.

 

=======================

 

Naquele que é Senhor sobre tudo e sobre todos e a quem tudo pertence e de quem nada foge ao controle,

Walmir

Nenhum comentário:

Postar um comentário