terça-feira, 23 de março de 2010

ALGUMAS RAZÕES POR QUE FAZEMOS MISSÕES

ALGUMAS RAZÕES POR QUE FAZEMOS MISSÕES

 

1.    Adoniran Judson disse certa feita: "Muitos crentes consagrados jamais atingirão os campos missionários com o seus próprios pés, mas poderão alcançá-los com os seus joelhos".

2.    Poderíamos acrescentar "e com os seus bolsos" às palavras de Adoniran Judson. (Amém?)

3.    Houve um tempo na história da igreja em que Missões era assunto proibido. Quando o inglês William Carey buscou ajuda para pregar o evangelho aos hindus na Índia, ele ouviu, em tom de repreensão: "se Deus quiser salvar os perdidos, Ele mesmo fará isto, sem precisar de missionários".

4.    Graças a Deus este tempo já ficou para trás.

5.    Estamos já acostumados em nossa igreja a realizarmos todos os anos, além do trabalho normal de evangelização, quatro campanhas missionárias:

a.    A primeira acontece em Março, tendo como objetivo o sustento de missionários e projetos para a evangelização em outros países que não o Brasil. Segundo informação extraída do site de nossa JMM, são 579 missionários. Destes, 4 são fazedores de tendas e 575 são sustentados pelas igrejas batistas do Brasil através da JMM. Destes 575 missionários sustentados, 271 são brasileiros e 304 são autóctones (obreiros da terra). Eles estão espalhados em vários países:

                                  i.    África - 13 paísesÁfrica do Sul, Angola, Botsuana, Burkina Fasso, Cabo Verde, Guiné, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Mali, Moçambique, Níger, São Tomé e Príncipe e Senegal.

                                ii.    Américas - 10 países Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Haiti, Paraguai, Peru e Uruguai.

                               iii.    Norte da África, Ásia e Oriente Médio - 16 paísesChina, Egito, Etiópia, Filipinas, Índia, Iraque, Japão, Jordânia, Líbano, Malásia, Marrocos, Síria, Sudão, Tailândia, Timor-Leste e Tunísia.

                               iv.    Europa - 21 campos em 20 paísesAzerbaijão, Cazaquistão, Açores (Portugal), Albânia, Armênia, Bielo-Rússia, Espanha, Estônia, Geórgia, Itália, Letônia, Lituânia, Moldávia, Polônia, Portugal, Romênia, Rússia, Tadjiquistão, Turcomenistão, Ucrânia e Uzbequistão.

b.    A segunda acontece em Junho, e nesta o nosso olhar se volta para o nosso estado, no caso, o Paraná. São dezenas de missionários que ajudamos a sustentar para, além das igrejas, desenvolverem um ministério missionário em dezenas de lugares no Paraná.

c.    A terceira acontece em Setembro e visa o Brasil. São vários projetos e centenas de missionários que ajudamos a sustentar visando a evangelização no Brasil.

d.    E a quarta acontece a partir da segunda quinzena de Novembro e visa o local onde estamos.

6.    Por quê? Quais seriam algumas razões para fazermos missões?

7.    Pensemos em apensa três razões:

 

I. Fazemos Missões porque Jesus fazia Missões

 

1.    Os evangelhos são claros em nos mostrar que Jesus fazia missões.

2.    Bastam alguns trechos para constatarmos isso.

3.    Em Mateus 4.23 lemos que Jesus "percorria toda a Galiléia, ensinando nas suas sinagogas e pregando o Evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo"

4.    Em Mateus 9.35 lemos que ele "percorria todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo"

5.    Em Lucas 9.1-2 vemos Jesus enviando "missionários": "convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, e para curarem enfermidades; e enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos"

6.    E em Lucas 19.10 Jesus diz dele mesmo que "o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido", e, aprendemos com o Apóstolo Paulo em 1 Coríntios 1.21, essa "busca e salvamento" se dá através da pregação do evangelho.

7.    Jesus fazia Missões, portanto, nada mais natural que os seus discípulos também façam Missões, isto é, ajam de alguma forma em prol da salvação dos perdidos. (Amém?)

8.    O segundo motivo que quero apresentar é:

 

II. Fazemos Missões porque Jesus ordenou que fizéssemos Missões

 

1.    Pesquisando um pouco sobre esse assunto encontrei a seguinte frase, originalmente em inglês (tradução do Google): "Pergunte a si mesmo esta pergunta: "Por que Jesus veio à Terra?". Qualquer pessoa, mesmo com um conhecimento superficial da Bíblia sabe a resposta. Foi para reconciliar o homem consigo mesmo. Foi para restaurar o relacionamento que foi rompido entre o homem e Deus como resultado da rebelião. Ele na terra tinha essa missão em mente, e agora, como ele já voltou para o céu, a missão foi deixada para nós, como indicado em 1 Coríntios 5:18, "Tudo isto vem de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos confiou o ministério da Reconciliação".

2.    E não é verdade isso? Sim, é verdade! Jesus deixou conosco a responsabilidade de fazer Missões, de levar a mensagem do evangelho a todas as pessoas em todos os lugares. (Amém?)

3.    Assim lemos em Mateus 28.18-20: "E, chegando-se Jesus, falou-lhes (aos discípulos), dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;  Ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém."

4.    Em Atos 1.8 Jesus diz: "recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra"

5.    Jesus mandou, por isso, além das outras razões, fazemos Missões.

6.    Vamos à terceira razão.

 

III. Fazemos Missões porque pessoas de todas as tribos, povos, línguas e nações precisam ouvir o evangelho da graça.

 

1.    Atribui-se a Dick Hills a seguinte frase: "Cada coração com Cristo é um missionário, e cada coração sem Cristo é um campo missionário". (Amém?)

2.    Onde houver um coração sem Cristo, aí o evangelho precisa ser pregado. Se num lugar remoto da terra houver uma, apenas uma pessoa, e se essa for uma pessoa que nunca ouviu falar de Cristo, precisamos levar o evangelho até essa pessoa. Se não houver outro meio, alguém precisará ir lá lhe falar do amor e da Graça de Deus em Cristo Jesus. (Amém?)

3.    Os textos que lemos no ponto anterior dizem, respectivamente, que o evangelho deve ser pregado:

a.    Em todas as nações;

b.    Em Jerusalém, toda a Judéia, Samaria e até aos confins da terra.

4.    Em Apocalipse 5.9 e 7.9 lemos: "E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação;" / "Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestidos brancos e com palmas nas suas mãos"

5.    E para ouvirem é preciso que alguém lhes pregue a Palavra. Assim lemos em Romanos 5:

a.    "Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. 

b.    Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. 

c.    Como, pois, invocarão aquele em quem não creram?

d.    e como crerão naquele de quem não ouviram?

e.    e como ouvirão, se não há quem pregue? 

f.     E como pregarão se não forem enviados?...

6.    Então, precisamos pregar; e precisamos enviar pregadores.

 

Concluindo

 

1.    Valdir Steuernagel, em "Obediência Missionária e Prática", escreveu a certa altura: "Uma espiritualidade sadia vive na presença de Deus, alimenta-se da Palavra, se expressa em comunidade e se caracteriza por um espírito missionário".

2.    Um dia uma mulher criticou o grande evangelista do século XIX, D.L. Moody pelos seus métodos de evangelismo no intuito de ganhar pessoas para Cristo. Moody respondeu, "Concordo com você, eu não gosto do jeito com que faço isso também. Diga-me, como fazê-lo?" A mulher respondeu, "Eu não sei fazer isso!" Moody então disse, "Então eu gosto do meu jeito de fazer isso melhor que o seu jeito de não fazê-lo!"

3.    Se somos discípulos de Cristo, precisamos fazer missões. Não importa como e nem o quanto fazemos, desde que não nos acomodemos em fazer menos e com menor qualidade do que realmente podemos.

4.    Precisamos fazer porque Jesus fez; o Mestre deixou o exemplo para seguirmos.

5.    Precisamos fazer porque Jesus ordenou que fizéssemos

6.    E precisamos fazer porque há muita gente, de todos os povos, tribos, raças e nações carentes de ouvir o evangelho da Graça de Deus.

7.    Então, vamos fazer Missões. (Amém?)

 

Pr. Walmir Vigo Gonçalves

Porto Meira, Março de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário