sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

OS QUE SÃO DE CRISTO JESUS

 

OS QUE SÃO DE CRISTO JESUS

 

1.    Era comum aos apóstolos se apresentarem como servos de Cristo – douloz (doulos) = servo, ou, literalmente, escravo.

2.    Era uma maneira de confessar que eles não pertenciam a si mesmos, senão a Cristo Jesus.

3.    O Apóstolo Paulo, escrevendo sua primeira carta aos Coríntios, no capítulo 6, versículos 19 e 20, disse: “Não sabeis que o vosso corpo é o Templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”.

4.    O mesmo Apóstolo, em Romanos 14:7 e 8, disse: “Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor”.

5.    Nós não somos de nós mesmos; pertencemos a Jesus, e, baseado nesse conhecimento, quero meditar com os irmãos em três coisas que caracterizam os que são de Cristo Jesus.

 

I. Os que são de Cristo Jesus ouvem a sua voz e o seguem.

 

1.    Encontro essa informação em João 10, no versículo 27. Veja esse texto a partir do verso 22:

 

“E em Jerusalém havia a Festa da Dedicação, e era inverno. E Jesus passeava no templo, no alpendre de Salomão. Rodearam-no, pois, os judeus e disseram-lhe: Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente. Respondeu-lhes Jesus: Já vo-lo tenho dito, e não o credes. As obras que eu faço em nome de meu Pai, essas testificam de mim. Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas, como já vo-lo tenho dito. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem” (RC)

 

2.    Veja agora a seguinte história:

 

“Um viajante que atravessava certa região da Síria parou para observar três pastores que apascentavam juntos as suas ovelhas. Os rebanhos dos pastores estavam unidos, e pareciam um só. Em certo momento um dos pastores despediu-se dos companheiros e começou a chamar: - “Men – ah” – que quer dizer “segue-me”. Imediatamente, trinta ovelhas se destacaram do grupo e seguiram-no. Outro pastor também se retirou pronunciando as mesmas palavras, e foi seguido por outro grupo do rebanho. Como viu que o terceiro pastor também ia se retirar, o viajante se aproximou e perguntou:

- Se eu chamar as ovelhas elas me seguirão?

- Não! – disse o pastor.

- E se eu vestir o vosso casaco, se tomar o vosso bordão, e se pronunciar as mesmas palavras, elas me seguirão?

- Nem assim!

Apesar disso, o viajante fez a experiência. Nenhuma ovelha o atendeu. Voltando-se então para o pastor, inquiriu:

- Elas não seguem a ninguém?

- Quando alguma está doente, às vezes segue. Ela se desorienta e não conhece mais a minha voz.

Assim acontece com os crentes. Só quando estão espiritualmente enfermos é que confundem a voz de seu pastor (Jesus) com a de outros mestres.”

 

3.    Temos nós ouvido a voz de Jesus e o seguido?

4.    A Palavra de Deus tem sido, de fato, a nossa única regra de fé e conduta?

5.    Os que são realmente de Cristo Jesus, se não estiverem enfermos espiritualmente, ouvem a sua voz e o seguem.

6.    Passemos à segunda consideração:

 

II. Os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.

 

1.    Encontro essa informação em Gálatas 5.24. Veja a partir do verso 16:

 

“Digo, porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra essas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.” (Gálatas 5:16-24 RC)

 

2.    Veja também alguns trechos de Colossenses 3:

 

“... se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima... Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus... Mortificai, pois... a prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência e a avareza, que é idolatria; pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência... despojai-vos... da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos vestistes do novo... Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros... E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor... A palavra de Cristo habite em vós abundantemente... E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai... E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens, sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis...” (RC)

 

3.    Perguntaram certa vez a George Müller qual o segredo de seu êxito. Ele respondeu:

 

“Houve um dia em que morri; morri para George Müller, suas opiniões, preferências, gostos, tendências e vontades. Morri para o mundo, seja para a sua aprovação ou censura. Morri para os aplausos ou críticas dos meus amigos e irmãos na fé, e, desde então, tenho buscado ser apenas aprovado por Deus!”

 

4.    Na luta entre a carne e o Espírito, qual tem saído vencedor em sua vida?

5.    Você tem andado em Espírito, ou tem preferido cumprir a concupiscência da carne?

6.    Lembre-se: os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com suas paixões e concupiscências.

7.    Visto isto, passemos agora à nossa terceira consideração, uma consideração maravilhosa:

 

III. Os que são de Cristo Jesus reinarão com ele em glória.

 

1.    Eu disse "os que são de Cristo Jesus";

a.    Eu não disse "os que são membros de uma igreja";

b.    Eu não disse "os que foram batizados";

c.    Eu não disse "os que são *gente boa*";

d.    Eu não disse "os que fazem alguma espécie de sacrifício";

e.    Eu não disse "os que contribuem financeiramente para a igreja";

f.     Eu disse "os que são de Cristo Jesus"

2.    Os que são de Cristo Jesus, E SOMENTE os que são de Cristo Jesus, reinarão com ele em glória.

3.    Para conferir que estes estarão n glória celestial e reinando juntamente com Cristo, basta darmos uma olhada em Daniel 7.18 e 27 e Apocalipse 22.1-5. Veja:

 

“... os santos do Altíssimo receberão o reino e possuirão o reino para todo o sempre e de eternidade em eternidade.” (Daniel 7:18 RC)

 

“... o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão e lhe obedecerão.” (Daniel 7:27 RC)

 

“E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça e de uma e da outra banda do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês, e as folhas da árvore são para a saúde das nações. E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. E verão o seu rosto, e na sua testa estará o seu nome. E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os alumia, e reinarão para todo o sempre.” (Apocalipse 22:1-5 RC)

 

4.    Uma história ilustrativa muito interessante nos diz que

 

Uma moléstia sem cura atirou ao leito o filho mais velho e herdeiro do Duque de Hamilton, levando-o à morte em um curto espaço de tempo. Um pouco antes de morrer, o nobre inglês retirou a sua Bíblia de debaixo do travesseiro e leu o seguinte trecho: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, Justo Juiz, me dará naquele dia...” Logo depois, chamou seu irmão mais moço, e, em tom de carinho e ternura, disse-lhe: ‘E agora, Douglas, dentro de pouco tempo você será um Duque, mas eu serei um rei.

 

5.    A Palavra de Deus garante-nos que nós reinaremos com Cristo em glória.

6.    Isso não é fantástico?

7.    Apocalipse 1:5b e 6a nos diz que Cristo nos ama, e em seu sangue nos lavou de nossos pecados, e nos fez reis e sacerdotes para Deus.

8.    Eu não sei como será isso, mas com certeza será algo extraordinariamente maravilhoso.

 

Conclusão

 

1.    Se somos de Cristo Jesus, precisamos ouvir Sua voz e segui-lo;

2.    Se somos de Jesus precisamos levar a nossa carne com as suas paixões e concupiscências à cruz.

3.    A pessoa que nunca ouve a Jesus, e nunca o segue, e sempre atende aos apelos da carne, provavelmente não lhe pertence, e seu futura eternos é nada promissor.

4.    Mas, os que pertencem a Cristo têm um futuro glorioso. Quando terminarem de atravessar esse Jordão e chegarem à Canaã Celestial, reinarão ali com Cristo para todo o sempre.

 

Pr. Walmir Vigo Gonçalves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário