sábado, 11 de fevereiro de 2017

CHAMADOS PARA SERDES DE JESUS

CHAMADOS PARA SERDES DE JESUS

 

1.    Assim lemos em Romanos 1.6: “... sois também vós chamados para serdes de Jesus Cristo” – Romanos 1.6.

2.    Como é bom a gente ser “chamado” para participar de alguma coisa boa. Coisa ruim não! Destas devemos nos afastar. Se você, criança, adolescente, jovem ou adulto, for convidado a participar de qualquer coisa que desagrade a Deus, sua resposta deve ser não. Mas como é bom ser incluído na lista dos convidados para algo bom.

3.    E Paulo aqui nesse pequenos trecho, ainda na saudação nesta carta que ele escreveu àqueles crente romanos, diz acerca de um convite, um chamado maravilhoso que eles receberam da parte de Deus: eles foram chamados para serem de Jesus Cristo. Ora, ser de Jesus Cristo é a melhor coisa que existe, conforme certamente já o sabemos e constataremos até o fim desse compartilhamento da Palavra de Deus.

4.    A partir dessa pequena, mas importantíssima declaração de Paulo aos Romanos, façamos algumas reflexões.

 

A primeira reflexão que podemos fazer é que fomos CHAMADOS para ser de Jesus.

 

5.    Isso demonstra, juntamente com o contexto bíblico em geral, que pertencer a Jesus é uma iniciativa divina e não humana. Não nos oferecemos para sermos de Jesus, fomos chamados; não nos buscamos, fomos buscados.

6.    Numa pequena e rápida pesquisa no Novo Testamento encontrei vários trechos além deste que estamos usando que evidenciam o fato de que fomos chamados, de que, portanto, o sermos de Jesus Cristo, nossa salvação, é de iniciativa divina, trechos estes dos quais cito alguns:

 

“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto. Porque os que dantes (ou de antemão) conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.” (Romanos 8:28-30 RC)

 

Esse trecho é bem interessante por várias razões, das quais destaco duas:

 

v  Paulo diz que Deus, aos que de antemão conheceu, os predestinou para serem conformes à imagem de Seu Filho. Isso demonstra a onisciência e o poder de Deus; Deus, antes de você nascer, sabia que em determinado dia de determinado mês e de determinado ano você diria “sim” para Jesus, e predeterminou que a partir desse dia trabalharia na sua vida para fazê-lo semelhante a Jesus, e como Seu poder é infinito, essa é uma obra que será 100% concluída. Essa afirmação nesse trecho combinada com a afirmação do próprio Paulo em Filipenses 1.6 de que Aquele que começou a boa obra em vós a aperfeiçoará até o dia de Jesus Cristo e combinada com a Palavra de Judas no finalzinho de sua carta, na despedida, quando ele evidencia o fato de que Deus é “poderoso para vos guardar de tropeçar e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória”, nos dão muita segurança de que estaremos com Jesus, de que a salvação, se a temos, a temos definitivamente. O verdadeiramente salvo, aquele que o foi por Jesus, quando tropeça e cai, o que acontece com ele não é a perda de salvação, mas o levantar de Deus.

 

v  A outra razão é quando Paulo diz “a esses glorificou”. Em Romanos 8.17 lemos que, se somos filhos... seremos com ele (Jesus) glorificados. 1 Coríntios 15 fala sobre a ressurreição, e, falando sobre a ressurreição do corpo, Paulo diz que receberemos corpos espirituais glorificados. E em outras partes também lemos algo sobre isso, isto é, sobre o fato de que para os salvos haverá certa glorificação; os que estiverem vivos por ocasião do arrebatamento receberão corpos glorificados e os que estiverem mortos ressuscitarão em corpos glorificados. Pois bem, aqui Paulo fala disso, e fala que àqueles que Deus na sua Presciência predestinou para serem conformes à imagem de Seu Filho, a esses chamou, justificou e glorificou. “Glorificou” – o tempo verbal indica que a nossa glorificação futura é tão certa que ela pode ser considerada com algo já acontecido; os que foram de antemão conhecidos serão todos glorificados sem a perda de um sequer. Você, se realmente, verdadeiramente convertido, verdadeiramente salvo, não perderá a sua salvação. “Mas, pastor, e se eu tropeçar e cair em pecado?” Se você tropeçar e cair em pecado o que Deus tem reservado para você não é inferno, e sim disciplina tão dura quanto for necessária para fazer você se levantar e prosseguir.

 

“Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.” (1 Coríntios 1:9 RC)

 

“Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados” (Efésios 4:1 RC)

 

“E, por isso, é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna.” (Hebreus 9:15 RC)

 

“E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.” (Apocalipse 19:9 RC)

 

7.    Além destes trechos, é de nosso conhecimento que a salvação é pela graça por meio da fé e que não vem de nós mesmos, como lemos em Efésios 2.8, e que o Filho do Homem veio para buscar e salvar o que se havia perdido, conforme lemos em Lucas 19.10.

8.    Então, diante disso, diante dessa graça e misericórdia de Deus para com você:

a.    Celebre com júbilo ao Senhor;

b.    Sirva ao Senhor com alegria;

c.    Apresente-se diante Dele todos os dias com um cântico de louvor;

d.    Manifeste a glória Dele através de sua vida;

e.    Pregue o evangelho;

f.     Busque as coisas que são de cima;

g.    Pense nas coisas que são de cima;

h.    Não se deixe dominar por aquilo que não é lícito e nem mesmo por aquilo que, mesmo sendo lícito é inconveniente;

i.      Fuja até mesmo da aparência do mal;

j.      Trabalhe diligentemente na causa do Senhor;

k.    Não prive as atividades da igreja de sua presença e participação;

l.      Ame a Deus sobre todas as coisas;

m.  Ame teu próximo;

n.    Ame teu inimigo;

o.    Ore pelo que te odeia e persegue;

p.    Viva em comunhão com os irmãos;

q.    Perdoe e peça perdão;

r.     Etc. – O que poderia ser “demais” diante desse chamado que Deus um dia lhe fez para ser de Jesus, para ser salvo e ter o céu como herança?

 

A segunda reflexão é com base no fato de que fomos chamados para ser de Jesus, e a reflexão é a seguinte: Quem é de Jesus ouve a Palavra de Jesus e segue após Jesus.

 

9.    Veja João 10.27-28

10. Ouvem a voz de? ___________. E seguem a ___________?

11. Isto significa que onde Jesus está indo, lá está também, atrás de Jesus, seguindo-o, aquele que foi chamado para ser de Jesus.

12. Mas, será que Jesus está logo à frente nos lugares onde você tem ido e nas coisas que você tem feito?

a.    Lamentavelmente ficamos sabendo de um “crente”, supostamente “pastor”, que estava saqueando também nessa onda de saques no ES nos últimos dias. Será que ele foi lá saquear porque viu Jesus lá também, saqueando?

b.    Será que Jesus estará encabeçando a fila dos crentes que estarão indo após o trio elétrico ou os blocos no carnaval?

c.    Será que muito do que acessamos, postamos, compartilhamos, na internet e nas redes sociais, o fazemos porque Jesus também faria? Aquela piadinha com o nome de Deus tomado em vão...

d.    Será que Jesus aprova o que estamos fazendo?

13. As pegadas de Jesus conduzem à correção em todas as áreas da vida...

14. As pegadas de Jesus conduzem ao amor...

15. As pegadas de Jesus conduzem à mansidão...

16. As pegadas de Jesus conduzem à humildade...

17. As pegadas de Jesus conduzem à longanimidade...

18. As pegadas de Jesus conduzem à diligência em fazer a obra de Deus...

19. As pegadas de Jesus conduzem à comunhão com Deus...

20. As pegadas de Jesus conduzem à santificação...

21. E o que mais?...

22. Lembre-se: você foi chamado para ser de Jesus, e quem é de Jesus ouve a palavra de Jesus e segue após Jesus. Não se dê o caso de que qualquer de nós esteja indo em direção contrária a Jesus. Às vezes nós vamos em direção contrária e ainda queremos justificar, como se pudéssemos convencer Jesus a vir conosco ao invés de nós irmos com ele. – “Senhor, sabe como é, né? Eu to aqui no carnaval, mas... a gente tem que se divertir né?... somos livres... isso não tem nada a ver”. O mesmo pode ser dito em relação a todas as outras coisas que Jesus nos manda praticar e nós não queremos praticar e ainda queremos nos autojustificar. E nós somos tão “interessantes” que às vezes até naquilo que estamos certos acertamos visando o erro – digo isso porque me lembrei de um comentário que fiz há poucos dias sobre que é contra o dízimo; há quem diga que o dízimo é da lei e nós estamos na graça; não digo que está errado, mas acho “interessante” quando alguns se utilizam desse argumento não para contribuírem liberalmente, mas para NÃO contribuírem de forma alguma.

23. Mais uma vez: você foi chamado para ser de Jesus, e quem é de Jesus ouve a palavra de Jesus e segue após Jesus.

 

E a terceira e última reflexão que podemos fazer é que quem é de Jesus peregrina por este mundo sendo abençoado por Jesus, sujeito, porém, a todo tipo de dificuldade que há no mundo, sabendo, entretanto, que está peregrinando em direção àquele lugar em que Jesus agora está para estar com ele ali para sempre.

 

24. Sobre ser abençoado, alguns exemplos:

a.    A bênção da salvação;

b.    A bênção da paz que independe das circunstâncias e excede todo entendimento;

c.    A bênção da cura de uma enfermidade;

d.    E muitos testemunhos de bênçãos reais no decorrer de toda a história da igreja.

25. Sobre ser sujeito a todo tipo de dificuldade, alguns exemplos:

a.    No mundo tereis aflições, disse Jesus a seus discípulos;

b.    O espinho na carne de Paulo;

c.    Enfermidades, a não ser em casos especiais por intervenção divina, não fazem distinção de pessoas, classes, religião...

d.    Catástrofes, também a não ser em ocasiões especiais por intervenção divina, não fazem distinção...

e.    E sobre todas as dificuldades normais e naturais da vida acrescente-se aquelas que sobrevém a servos de Deus exatamente pelo fato de eles serem servos de Deus.

26. Mas aquele que foi chamado para ser de Jesus sabe que está peregrinando em direção àquele lugar em que Jesus agora está para estar com ele ali para sempre, e isso lhe dá segurança e conforto ao coração.

a.    “... virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também” – João 14:3

b.    Veja Romanos 8.16-18;

c.    Veja Filipenses 3.18-21;

d.    Veja Hebreus 11.13-16

27. Chamados para ser de Jesus! Que bênção! Que vivamos de modo digno dessa vocação.

 

Pr. Walmir Vigo Gonçalves

Igreja Batista em Muqui – Fevereiro de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário