domingo, 28 de junho de 2015

COMO VOCÊ ESTÁ OUVINDO A PALAVRA DE DEUS?

COMO VOCÊ ESTÁ OUVINDO A PALAVRA DE DEUS?

 

Lucas 8.18 – "Vede, pois, como ouvis..."

 

INTRODUÇÃO

 

1.    "Vede, pois, como ouvis", disse Jesus a seus discípulos.

2.    Pra entendermos bem é bom vermos o contexto:

a.    Jesus, rodeado por uma grande multidão, conta uma parábola. Uma parábola é uma história, geralmente curta, na qual o conjunto de elementos evoca, por comparação, outras realidades de ordem superior. A parábola contada por Jesus à multidão foi a "Parábola do Semeador", com a intenção não de dar uma aula sobre como e onde semear para que se tenha uma boa colheita. NÃO!!! A intenção de Jesus era apontar os diversos comportamentos, a curto, médio e longo prazo, daqueles que o ouviam em relação àquilo que ele lhes falava. E consequentemente, em decorrência dos diversos comportamentos, os diversos resultados – versos 4-8

b.    À multidão não, mas a seus discípulos, em particular, Jesus explica o significado da parábola – veja esse significado nos versos 11-15.

c.    Depois Jesus conta aos discípulos uma outra parábola, a da Candeia – Se vocês são de fato luz no Senhor, hão de ser "acesos" e hão de manifestar-se como tais, e somente à medida em que forem se manifestando é que vão recebendo mais luz. Então: "vede como ouvis", ou, poderíamos dizer, *prestem bem atenção em o que estão ouvindo e como estão ouvindo*. Alguém disse muito apropriadamente que há coisas que não deveríamos ouvir de forma alguma, e outras há que, ouvidas, deveriam ser esquecidas, mas também há aquelas que deveriam ser ouvidas, guardadas e praticadas – é o caso da Palavra de Deus.

3.    Muito bem, então esse é o contexto em que essa observação de Jesus aos seus discípulos está ligada nessa parte das Escrituras.

4.    Vede como ouvis aquilo que Deus vos fala...

5.    Então vamos ver alguns exemplos de ouvir e depois vamos pensar em o que e como precisamos ouvir.

6.    Primeiro vejamos alguns exemplos de pessoas que ouviram mas agiram em desconformidade com o que ouviram.

 

I. ALGUNS EXEMPLOS DE PESSOAS QUE OUVIRAM MAS AGIRAM EM DESCONFORMIDADE COM O QUE OUVIRAM.

 

1.    Adão e Eva – ouviram e entenderam, mas deram mais crédito à voz do inimigo –Gênesis 2.15-17 e 3.1-6.

2.    Caim – Ouviu mas não fez conforme Deus orientou – "O pecado jaz à porta" – Gênesis 4.1-8

3.    Saul – Ouviu, desobedeceu e ainda deus desculpas... – 1 Samuel 15.1-23

4.    Judas Iscariotes – Ouviu e viu grandes palavras e grandes feitos, mas traiu a Jesus – A história está registrada ao longo dos evangelhos e é bem conhecida nossa.

5.    Agripa – ouviu, mas, apesar de crer nos profetas, endureceu... – Atos 26

6.    Os Gálatas – Ouviram bem, mas logo se esqueceram e se desviaram para outro evangelho – Gálatas 1.6-9

7.    E, olhando para o contexto do nosso texto, na explicação da parábola do Semeador, Jesus diz que há, negativamente:

a.    Os que ouvem, mas imediatamente vem o diabo e tira-lhes do coração a Palavra – v. 12

b.    Os que ouvem e até, a princípio, recebem com alegria, mas não criam raiz e, tentados, caem facilmente – v. 13

c.    Os que ouvem, caminham um pouco em acordo com essa palavra, mas, finalmente, se deixam vencer/sufocar por algumas coisas desta vida (v14). E Jesus cita alguns exemplos de "coisas desta vida":

                                  i.    preocupações/cuidado – que tiram nossa atenção de Deus e a desvia para as necessidades desta vida;

                                ii.    riquezas/bens materiais -

                               iii.    os deleites/prazeres desta vida – o desejo por prazer, por entretenimento a qualquer custo sufocam a palavra.

8.    Vistos estes exemplos negativos, vejamos agora alguns exemplos de pessoas que ouviram e agiram em conformidade com o que ouviram.

 

III. ALGUNS EXEMPLOS DE PESSOAS QUE OUVIRAM E AGIRAM EM CONFORMIDADE COM O QUE OUVIRAM.

 

1.    Abraão – Ouviu e atendeu com prontidão – Gênesis 12.1-8

2.    Moisés – Ouviu, até resistiu à voz de Deus, mas finalmente cedeu a Deus – Gênesis 3 e 4

3.    A Mulher Samaritana – ouviu, creu e anunciou – João 4

4.    Zaqueu – Ouviu a ordem de Jesus: "Desce depressa"... e ele desceu... – Lucas 19.1-10

5.    Os Colossenses – Ouviram e cresceram na fé e no amor – Colossenses 1.1-8

6.    Timóteo – Ouviu, não esqueceu, e ainda jovem envolveu-se... – 2 Timóteo 1.1-5

7.    E, voltando ao contexto do texto inicial, na parábola do Semeador, Jesus diz que há aqueles que ouvem e conservam a Palavra no coração e frutificam com perseverança.

8.    Bem, tendo visto tanto exemplos negativos quanto positivos, vejamos um pouco agora sobre o que precisamos ouvir e como precisamos ouvir.

 

III. O QUE PRECISAMOS OUVIR E COMO PRECISAMOS OUVIR?

 

1.    O que precisamos ouvir?

a.    Precisamos ouvir que a simples aparência não tem valor diante de Deus – conforme o contexto de nosso texto inicial, quem tem mais lhe será dado, mas quem não tem de verdade até aquilo que parece ter lhe será tirado, e Deus sabe quem é só aparência, porque nada Lhe pode ser ocultado.

b.    Precisamos ouvir que o EVANGELHO é o poder de Deus para a salvação... – Romanos 1.16

c.    Precisamos ouvir que é Jesus quem tem as palavras de vida eterna e que ele é o Cristo, o filho do Deus vivo – João 6.68

d.    Precisamos ouvir que Ele, Jesus, é o Emanuel (Deus conosco) – Mateus 1.23 e João 1.1

e.    Precisamos ouvir que Ele, Jesus, é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo – João 1.29

f.      Precisamos ouvir que é Jesus o caminho, a verdade e a vida e que ninguém vai ao Pai se não for por ele – João 14.6

g.    Precisamos ouvir, e ouvir bem, que "em nenhum outro há salvação" e que, debaixo do céu, "nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" – Atos 4.12

h.    E depois que ouvirmos e respondemos positivamente a tudo isso, então precisamos ouvir que requer-se daqueles que assim ouviram e atenderam, viver uma vida santificada.

                                  i.    Em 1 Tessalonicenses 5.22, em meio a uma série de orientações encontramos que devemos nos abster de toda forma/aparência de mal;

                                ii.    Em Judas, verso 23, vemos que devemos aborrecer até a roupa manchada da carne;

                               iii.    Em Romanos 13.14 lemos que devemos nos revestir do Senhor Jesus e nada devemos dispor para a carne no tocante às suas concupiscências;

                               iv.    Em Romanos 6, a partir do verso 11, lemos que devemos nos considerar mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus; o pecado não deve reinar em nosso corpo mortal e não devemos apresentar nossos membros ao pecado como instrumentos de iniquidade, e devemos nos apresentar a Deus como vivos dentre os mortos e os nossos membros a Deus como instrumentos de justiça;

                                 v.    Em Colossenses 3 lemos que devemos pensar nas coisas que são de cima, buscar as coisas que são de cima, fazer morrer a nossa natureza carnal nos despindo de todas as más qualidades de nossa carne e nos revestindo de todas as boas qualidades celestiais;

                               vi.    “... noutro tempo, éreis trevas, mas, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz..., aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas, antes, condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto, até dizê-lo é torpe. Mas todas essas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porquanto os dias são maus. Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito”, é o que lemos em Efésios 5:8-18;

                              vii.    A vontade de Deus é a nossa santificação e cada um deve saber possuir o seu vaso (corpo) em santificação e honra porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação – 1 Tessalonicenses 4.3, 4 e 7.

                             viii.    E por aí vai...

2.    Então, são essas coisas que precisamos ouvir...

3.    E como precisamos ouvir?

a.    Precisamos ouvir tudo isso e muito mais que encontramos na Palavra de Deus, com uma mente ansiosa por entender e com disposição pronta em obedecer – ouvir, guardar e praticar.

 

CONCLUINDO

 

1.    Em Apocalipse 3.20 Jesus diz à igreja de Laodicéia: "Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei e ele comigo..."

2.    ...

 

Pr. Walmir Vigo Gonçalves

 

Muqui, Junho de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário