sexta-feira, 25 de julho de 2014

"EU SOU A UNIVERSAL"


"EU SOU A UNIVERSAL"

Pr. Walmir Vigo Gonçalves

Escrito para o boletim da Igreja Batista em Muqui

Já viu essa propaganda onde uma pessoa aparece contando sua experiência de como foi abençoada e depois termina dizendo "Eu sou a Universal"? Pois é! De certa forma, conquanto eu discorde de algumas práticas da Igreja Universal do Reino de Deus, tenho que admitir que, nessa propaganda, o fato de a pessoa se identificar desse jeito com a referida igreja, ao final, me traz algumas lições. Quando ele diz "Eu sou a Universal" ele está declarando que "vive a vida dessa igreja", veste decididamente a "camisa" da igreja; então, ele mesmo, porque ele é a igreja, contribui financeiramente para o desenvolvimento das atividades da igreja; contribui com o seu trabalho para o crescimento da igreja – evangelizando, admoestando, chamando de volta aqueles que um dia saíram, servindo como conselheiro, discipulador, zelador... enfim, fazendo o que preciso for e que estiver ao seu alcance, PORQUE ELE É A UNIVERSAL. Os outros que lá estão também são, obviamente, mas ele assumiu o fato, na teoria e na prática, de que ELE É. Pois bem, lições são para serem aprendidas, e depois de aprendidas, praticadas. Então, quero declarar, como eles, que EU SOU A IGREJA BATISTA; mais especificamente, EU SOU A IGREJA BATISTA EM MUQUI, e, portanto, eu vou evangelizar de alguma forma mesmo quando não houver uma atividade específica para isso; eu vou admoestar os idosos, porém não asperamente, mas como se eles fosses meus pais, e aos jovens como se fossem meus irmãos, porque é assim que a Bíblia me orienta (1 Timóteo 5); eu vou, na medida do possível, tentar resgatar aqueles que um dia saíram de nosso meio, mesmo que eu não seja comissionado formalmente pela igreja para isso; eu vou trabalhar como conselheiro e discipulador daqueles que forem se convertendo, especialmente se a conversão se deu em parte através de meu trabalho; eu vou zelar pelo patrimônio; eu vou contribuir financeiramente; eu vou visitar, especialmente os idosos e enfermos, para orar com eles; eu vou ser assíduo frequentador das reuniões de culto; eu vou zelar, no que me diz respeito, pelo bom testemunho da igreja; eu vou receber bem os visitantes que vierem aos cultos; eu vou orar pelos meus irmãos em Cristo, especialmente aqueles que junto comigo constituem a Igreja Batista em Muqui... EU VOU fazer o que eu puder para ajudar a igreja crescer numérica e espiritualmente, seja eu comissionado formalmente ou não, porque EU SOU A IGREJA BATISTA EM MUQUI. Eu sei que "eles", isto é, "vocês", também são, mas hoje EU estou assumindo o fato de que EU SOU, e porque EU SOU, então EU estou vestindo a camisa da IGREJA BATISTA EM MUQUI. Se ela acertar EU estou acertando, ainda que a glória seja de Deus e não minha; e se ela errar EU estou errando e vou me arrepender e orar pedindo perdão a Deus, porque EU SOU a Igreja Batista em Muqui.

E você?... Você é?...

Pr. Walmir Vigo Gonçalves

Muqui – Julho de 2014

3 comentários:

  1. Eu sou CRISTÃO. E FAÇO SOMENTE O QUE A BÍBLIA DIZ SEM TER QUE INCORRER NAS PRÁTICAS DENOMINACIONAIS (balanismo) ou NICOLAISTA( lugar de destaque na igreja)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui eu que comentei, o meu e-mail é:claudiorosemberg89@outlook.com

      Excluir
    2. Pois é Cláudio, acontece que a Bíblia diz que temos que nos reunir como igreja. Paulo escreveu cartas às Igrejas: em Roma, em Corinto, na Galácia, em Filipos, em Tessalônica... Isso quer dizer que havia um grupo de irmãos reunidos como igreja. Jesus, através de João, no Apocalipse, fala a 7 igrejas em 7 lugares da Ásia Menor. Em Hebreus somos exortados a não abandonarmos o costume de nos reunir como igreja. Então creio que você deve se reunir com um grupo de pessoas, já que você diz fazer o que a Bíblia diz, e essa é a "sua" igreja, ainda que seja um grupo informal e não denominacional. Pois bem, a intenção do texto que postei é que se você se reúne com um grupo de pessoas, e considera que esse grupo está correto em suas proposições, então você precisa assumir sua responsabilidade perante esse grupo: presença, exercício de seu dom para edificação mútua, evangelismo... aquilo que A BÍBLIA diz, e só o que a Bíblia diz, nada mais que isso. Ah, e com respeito ao grupo do qual faço parte, não existe Nicolaísmo, isto é, não existe uma casta especial e superior chamada clero.

      Excluir