segunda-feira, 25 de junho de 2018

“O DISCÍPULO QUE JESUS QUER”


“O DISCÍPULO QUE JESUS QUER”

           

1.    A rede Globo de televisão lançou o desafio para as pessoas gravarem e enviarem um pequeno vídeo como o tema “O Brasil que eu quero”. Muitos tem enviado vídeos expressando expectativas as mais diversas sobre o Brasil que querem. Bem, a despeito de todas as polêmicas que isso gerou no início, parece que tem sido legal ouvir as expectativas dos brasileiros. Agora, seria interessante também se fosse possível ao Brasil dizer qual o cidadão que ele quer, ou como ele gostaria que fosse o cidadão brasileiro.

2.    A verdade é que sabemos de nossos compromissos como cidadãos, mas nem sempre os cumprimos. Queremos receber mas nem sempre queremos dar.

3.    E o interessante é que na “vida espiritual” acontece algo parecido: idealizamos um “Jesus que queremos”, um “Jesus” que nos ouça e que nos atenda sempre que precisamos, mas muitas vezes nos esquecemos de dar atenção ao que “Jesus” quer de nós.

4.    O que Jesus quer de nós? O que podemos dizer, com base na Palavra de Deus, que Jesus espera de nós?

5.    Bem, não vamos dar conta de dizer tudo hoje se nos basearmos em todo o Novo Testamento; então vamos nos limitar a João 15.1-17. Leiamos o texto e vejamos nele qual é “o discípulo que Jesus quer”.

6.    Em primeiro lugar:


O DISCÍPULO QUE JESUS QUER É UM DISCÍPULO FIEL

 

1.    No versículo 7 Jesus diz: “se vocês estiverem em mim e as minhas palavras estiverem em vocês, então vocês pedirão o que quiserem e receberão”

2.    Geralmente lemos esse verso para enfatizar o fato de que Jesus pode e quer nos abençoar de alguma forma, com alguma coisa; que podemos pedir certos da resposta. Mas o texto diz mais que isso; fala também sobre permanecer em Jesus e ter as palavras de Jesus permanentes em nós, e isso implica em FIDELIDADE.

3.    Nós sabemos o significado da palavra fidelidade, mas no dicionário Michaelis há uma definição bem interessante: Semelhança entre o original e a cópia.

4.    Agora, veja o que diz Romanos 8.29: “... aqueles que já tinham sido escolhidos por Deus ele também separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho. Ele fez isso para que o Filho fosse o primeiro entre muitos irmãos.” (Romanos 8:29 NTLH)

5.    O discipulo que Jesus quer é um discípulo fiel, um discípulo parecido com ele.

6.    Você já é um discípulo fiel?

7.    Talvez sua resposta seja: SIM! CLARO QUE SIM!!!

8.    Então faço outra pergunta: há alguma coisa pela qual você sacrificaria ou até já está sacrificando a sua fidelidade a Jesus?

9.    E talvez a essa pergunta sua resposta seja: NÃO! CLARO QUE NÃO!

10. Então eu faço mais uma pergunta: e se esse “algo” for sua vida ou sua liberdade? Você sabia que em muitos lugares do mundo, ainda hoje, um cristão pode perder sua liberdade ou a própria vida se não renunciar sua fidelidade a Jesus?

11. Então pense nisso! Jesus não gravou um vídeo, mas ele disse ficou escrito o que ele disse. E o que ele disse, ainda que não exatamente nessas palavras é “O discípulo que eu quero é um discípulo que seja fiel, mesmo se para isso ele perder sua liberdade ou a própria vida”.

 

12. Em segundo lugar:


O DISCÍPULO QUE JESUS QUER É UM DISCÍPULO QUE AME COMO ELE AMA

 

1.    No verso 12 Jesus diz: “O meu mandamento é esse: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei”

2.    E no verso 17: “Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros”

3.    O amor de Jesus é diferente; ele não depende de reciprocidade, não depende de elogios, ele é imparcial.

4.    A igreja de Deus não vive reagindo ao desamor, ela vive amando para transformar os egoístas, sofredores e inimigos em apaixonados amigos de Deus.

5.    Nós temos um desafio gigante pela frente: amar a todos assim como Jesus nos amou.

6.    Se nós amarmos o nosso próximo, o mundo e a Igreja ficarão melhores.

7.    Então, Jesus não gravou um vídeo, mas disse, ainda que não exatamente nessas palavras: “O discípulo que eu quero é um discípulo que esteja disposto a amar, assim como eu amo”

 

8.    Em terceiro lugar:


O DISCÍPULO QUE JESUS QUER É UM DISCÍPULO QUE SE RELACIONE COM ELE EM PROFUNDIDADE.

 

1.    No verso 15 ele disse: “Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer”

2.    No nosso relacionamento com Jesus não pode haver segredos.

3.    Jesus mostra neste versículo que não escondeu nada, e isto mostra que seu desejo é ser nosso amigo, um grande amigo que não abre mão de nos abençoar com tudo o que Ele tem.

4.    Contudo, só é possível desfrutar dessa bênção, se estivermos dispostos a obedecê-lo em tudo.

5.    A intimidade com Jesus tem um preço: a obediência. Jo. 15.14: “Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno”.

6.    Então, Jesus não gravou um vídeo, mas disse, ainda que não exatamente nessas palavras: “O discípulo que eu quero é um discípulo que tenha comigo um relacionamento profundo, um relacionamento de amigos, que esteja disposto a me obedecer para que esse relacionamento possa acontecer”.

 

7.    E, finalmente, em quarto lugar:

 

O DISCÍPULO QUE JESUS QUER É UM DISCÍPULO QUE FRUTIFIQUE.

 

1.    No verso 16 Jesus diz: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto...”

2.    Jesus fez um grande investimento em cada pessoa que é chamada pelo o evangelho, de modo que Ele não abre mão de uma resposta positiva.

3.    V. 5: “... se permanecer em mim...”. A frutificação é algo natural.

4.    Ninguém planta uma videira esperando colher sombra, ou para colher folhas, mas esperam-se uvas.

5.    Do mesmo modo Jesus, ao nos salvar, nos incluiu no seu Reino e espera que nós venhamos reproduzir, gerando outras vidas para ele, multiplicando assim o número dos seus discípulos.

6.    Todo cristão é um discípulo de Jesus e, como tal, deve se reproduzir. Se, por alguma razão, nós não estivermos frutificando, devemos aceitar o tratamento divino.

7.    Não vamos aceitar uma vida de esterilidade; vamos declarar pela fé que somos discípulos frutíferos.

8.    Então, Jesus não gravou um vídeo, mas disse, ainda que não exatamente nessas palavras: “O discípulo que eu quero é um discípulo que frutifique”.

 

CONCLUSÃO

           

1.    Seja fiel! Ame! Relacione-se com Jesus em profundidade! Frutifique! É isso que, nesse texto, Jesus diz que quer de você. Esse é o discípulo que Jesus quer.

 

Pr. Walmir Vigo Gonçalves


Apresentação1

Nenhum comentário:

Postar um comentário